Qual a diferença entre reboque e semirreboque?

Reading time: 3 minutes

Conheça as diferenças entre reboque e semirreboque, e como se manter dentro da Lei em relação ao Código Brasileiro de Trânsito (CBT).
Conheça as diferenças entre reboque e semirreboque, e como se manter dentro da Lei em relação ao Código Brasileiro de Trânsito (CBT).

É muito comum haver dúvidas entre reboque e semirreboque, e o que pode, e que não pode.

Para muitas pessoas é praticamente a mesma coisa. Mesmo que haja uma certa semelhança, na verdade há uma diferença.

Torna-se importante saber a diferença para que não haja equívocos e não se cometa infrações de trânsito. Acompanhe o texto para saber mais.

Reboque e semirreboque: qual a diferença?

Os reboques e semirreboques são equipamentos muito importantes para o uso e transporte de cargas.

Porém, é comum haver uma dificuldade para reconhecer as suas diferenças.

Só que antes de falar a diferença, vamos apresentar o conceito de cada um.

Reboque: é um veículo de carga independente, e que fica apoiado ao trem, caminhão, trator. Assim, um reboque possui 2 ou mais eixos.

Semirreboques: consiste em um veículo de um ou mais eixos que se apoia na sua unidade tratora. Ou seja, ele possui 1 ou 3 eixos, e apoia uma parte dele e de seu peso no veículo trator.

Também é usado para uso em motocicletas e motonetas.

Mas neste caso antes de realizar a compra, deve-se certificar que o equipamento foi feito exclusivamente para uso nesses veículos

Sendo assim, os reboques e semirreboques são considerados veículos pesados.

Diferença: O que diferencia os dois equipamentos é a distribuição de peso em relação ao engate.

A diferença entre os dois é que o eixo do reboque pode contar com apoio, ou seja, transita atrelado (engatado) à um veículo

Enquanto o semirreboque apoia parte de sua unidade e de seu peso ao veículo trator,  e normalmente, possui de 1 a 3 eixos.

Tipos de semirreboque

Há vários tipos de semirreboques. Entre eles estão os seguintes:

  • Aberta;
  • Fechada;
  • Frigorífica;
  • Basculante;
  • Tanque;
  • Cegonheira;
  • Porta-containers;
  • Zorra;

O que diz o Código Brasileiro de Trânsito (CTB) sobre reboque e semirreboque?

Como qualquer veículo que circula em vias públicas, existem leis que os motoristas que transportam devem seguir.

Essas leis também se aplicam ao reboque e semirreboque.

São para garantir a segurança do veículo e dos demais que circulam nas vias.

No Brasil, é o CONTRAN que faz a regulamentação destes veículos em circulação nas vias brasileiras.

É por isso, que o CONTRAN cita os reboques, semirreboques e engates em leis.

Estes estão previstos nas Resoluções nº 197/06nº 234/07nº 396/11 e nº 273/08.

Porém, tanto o reboque quanto o semirreboque não possui IPVA.

Justamente porque não são considerados veículos automotores.

Mas para realizar o seu transporte, o motorista precisa portar a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) de categoria B.

Só que neste caso, apenas se o peso bruto total somar até 3.500 kg. Passado esse limite, será exigida CNH de categoria C .

Gostou deste artigo? Agora você sabe a diferença e conhece as leis?

Continue acompanhando nosso blog e tenha acesso a mais dicas e informações.

Até a próxima!